segunda-feira, 19 de agosto de 2013


Sapo-de-chifre 
(Proceratophrys boiei)

Sapo-de-chifre (Proceratophrys boiei) é uma espécie de anfíbio da família Leptodactylidae.
É endémica do Brasil.


Porte médio a grande. Possui o corpo rugoso e reforçado, muito semelhante a um sapo comum. Sua principal característica é um par de apêndices cutâneos parecidos com chifres acima do olho. A coloração no dorso varia de cinzenta a parda, ornamentado por manchas castanho-escuras e por faixas longitudinais, o que lhe confere o poder de camuflar-se facilmente na Serrapilheira da floresta. Os machos vocalizam no solo ou em áreas inundadas durante a noite. A desova é feita sob folhas submersas em poças ou remansos de riachos, com água renovável.

Os seus habitats naturais são: florestas subtropicais ou tropicais húmidas de baixa altitude, regiões subtropicais ou tropicais húmidas de alta altitude, rios intermitentes e florestas secundárias altamente degradadas.

São insetívoro, consumindo baratas, aranhas, grilos, besouros larvas de lepidópteros e ortópteros, e ocasionalmente também outros anuros.

Está ameaçada por perda de habitat.

Nenhum comentário:

Postar um comentário